23/02/2015 10h04 - Atualizado em 23/02/2015 10h04

DICAS PARA PARECER MAIS MAGRA

DICAS PARA PARECER MAIS MAGRA

Eu diria que nove em cada 10 mulheres gostariam de perder uns quilinhos. É ou não é?

 

E quando uma mulher coloca uma coisa na cabeça não a Cristo que a faça tirar. Mas o que você faz por si mesma? Digo isso porque, mais importante do que peso é saúde – e não só a física, mas a saúde mental também.

É importante refletir que a gente só vive essa vida uma vez. Então, nada de ficar se lamentando e dizendo: “ah, quando eu era mais nova eu podia usar isto” ou “ah, quando se eu perder esses cinco quilinhos vou ser feliz”. Mais importante que a roupa que a gente veste é a vida que a gente leva e como a gente se trata. A vida está acontecendo agora, então nada mais justo que olhar com carinho pra você mesma e aprender a se aceitar, descobrir o que você tem de mais bonito e se valorizar.

Bora ser feliz agora? O intuito desse texto é ensinar você a fazer o melhor que pode usando os recursos que tem!

Dito isso, vamos ao que interessa. Existem algumas formas de criar certa ilusão de ótica para que os olhos dos outros foque “apenas” naquilo que a gente quer.

Pra quem deseja parecer mais magra, ai vai uma dica importante: prefira tecidos planos e descarte as peças de malha. Explico: por ser um tecido mais soltinho, que acompanha a forma do corpo, roupas de malha não são boas opções para quem está acima do peço e se incomoda com essa silhueta. Já os tecidos planos são mais estruturados, ou seja, têm forma mais reta e durinha, além de passar uma mensagem de mais refinamento e cuidado. Então quem olha vê a forma da roupa e não a forma do corpo, já que a ideia é “desarredondar” tanto quanto possível.

Essa dicona ai em cima vale também para a escolha de:

  • calças (com barras bem compridas. Pode ser aquelas que não mostrem as pernas e às vezes até escondam um pouquinho os sapatos, pois alongam o visual).  Prefira calças sem lavagens e estampas, de preferência, de cores escuras ou que formem desenhos verticais;
  • saias (com comprimento da barra logo acima ou logo abaixo do joelho);
  • blusas (mais estruturadas e sem estampas ou cores muito coloridas que dão sensação de que “aumentam” a silhueta). Prefira decotes em V, que mostram o colo e também alongam - aos olhos de quem vê;
  • Terceiras peças como jaquetas, terninhos, trench coat e cardigãs devem ser usados abertos. A intenção é criar uma linha vertical no visual que alongue a silhueta
  • Peças que marquem levemente a cintura também são ótimas opções.

 

Quando for escolher cores, dê preferência para tons neutros como cinza, creme, marrom, petróleo, azul, preto e mostarda. Se optar por cores mais alegres como vermelho, verde, roxo ou laranja escolha tons mais “fechados” e menos gritantes – já que tons mais alegres e vivos tendem a aumentar o peso visual da área que ocupa.

Vale lembrar que looks monocromáticos ou tom sobre tom, além de elegantes, também são “alongadores”, pois não dividem a silhueta em blocos e fazem nosso olhar “correr” para o todo. Ok, isso não significa que você tenha que se vestir assim todos os dias! Mas tente, no máximo, três cores num mesmo look e, de preferência, sem muito contraste entre as peças (nada que “corte” o olhar em várias partes).

Outra coisa importante é se atentar também ao caimento das peças, que não deve ser nem muito largo, nem muito apertado, mas na medida para contornar seu corpo. Por mais que você esteja com uns quilinhos a mais, a roupa tem que vestir bem, por isso é sempre bom sobrar um pouquinho de tecido para te dar liberdade de movimentos, tanto na parte de cima como de baixo do look. Assim, você fica confortável em todas as ocasiões.

O mais importante é testar, olhar no espelho e gostar do que está vendo. Isso sim vale muito mais a pena do que qualquer roupa ou dica. ;)

 

Vânia Benvenuto

Personal stylist, formada em Moda pela Faculdade Santa Marcelina.  Há pouco mais de três anos se deu conta que seu amor não era tanto pela tal moda em si, mas por essa complexa relação com o vestir que as pessoas carregam. Depois de três especializações na área de Consultoria de Imagem e Estilo, com Manu Carvalho, Silvana Bianchini e as meninas da Oficina de Estilo, muito estudo e aperfeiçoamento surgiu a VB – Imagem & Estilo, empresa de Consultoria de Moda que presta serviços de consultoria de estilo, produção de moda e conteúdo para mídias digitais, além de ser idealizadora e editora do blog Fazendo a Phina.

"Ao desenvolver nosso estilo, nos tornamos únicos. O estilo pessoal é nossa marca registrada. Ele reflete o que somos, o quanto nos cuidamos e nos gostamos. Você é o que você comunica. E o que vestimos comunica o que somos".

https://www.facebook.com/vaniabenvenuto.imagem?fref=ts

* As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Portal de Notícias www.vaievemdavida.com.br.

Voltar para o topo
COMPARTILHE ESTE TEXTO Facebook Twitter