25/04/2016 12h12 - Atualizado em 25/04/2016 12h14

23ª Agrishow espera 160 mil visitantes

Organização estima repetir desempenho de 2015: R$ 1,9 bilhão em vendas. Evento acontece entre segunda (25) e sexta-feira (29) em Ribeirão Preto (SP).

23ª Agrishow espera 160 mil visitantes
FACEBOOK Agrishow começa nesta segunda-feira (25) e espera receber 160 mil visitantes (Foto: Érico Andrade/G1)
Créditos: Matéria Site Via EPTV

Considerado o maior evento de agronegócio a céu aberto do país, a 23ª edição da Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow) começa nesta segunda-feira (25) em Ribeirão Preto (SP) com a expectativa de receber o mesmo público do ano passado: 160 mil visitantes.

Apesar da crise econômica, o número de expositores se manteve em relação à última edição. Cerca de 800 empresas expõem o que há de mais moderno para ser usado no campo, seja na agricultura ou na pecuária, em uma área de 440 mil metros quadrados, o equivalente ao tamanho do Vaticano.

O diretor da Agrishow, José Danghesi, reconhece que o cenário econômico desfavorável prejudicou a participação de alguns setores. Entretanto, justifica que o chamado “núcleo duro” da feira, composto por fabricantes de máquinas e implementos agrícolas, e por bancos financiadores, estarão presentes.

“Nós tivemos alguma falta de expositor na aviação, no setor de pneus, de ferramenta manual. Se ele veio no ano passado com 300 metros, esse ano fez uma redução do estande por questão de custo. Mas, tivemos um aumento de empresas de pecuária, de agricultura de precisão”, afirma.

Sexta-feira (1º) - Gigantes do agronegócio são os grandes atrativos da feira em Ribeirão Preto, SP (Foto: Érico Andrade/G1)Fabricantes de máquinas e implementos são maioria dos expositores na Agrishow (Foto: Érico Andrade/G1)

Compras e vendas
A previsão do volume de negócios durante a feira será divulgada na manhã desta segunda, mas os organizadores já adiantaram no lançamento em São Paulo (SP) que esperam repetir o desempenho do ano passado, quando registrou faturamento de R$ 1,9 bilhão, queda histórica de 30%.

Apesar de o agronegócio ter registrado crescimento em 2015, os empresários admitem que a venda de máquinas e implementos deve ser abalada pelas altas taxas de juros em linhas de crédito, como o Programa de Modernização da Frota Agrícola (Moderfrota).

Mesmo que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tenhaanunciado ampliação do orçamento em R$ 300 milhões, os juros dessa modalidade de financiamento passaram de 4,5% para 7,5% ao ano a micro, pequenos e médios produtores.

A Agrishow é considerada um dos principais termômetros sobre o desempenho do mercado, tanto é que as vendas formalizadas durante a feira representam 6% do total de negociações de máquinas firmadas em um ano, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

Ao todo, a Agrishow 2015 reúne 800 expositores de diferentes áreas do agronegócio em uma área de 400 mil metros quadrados. (Foto: Érico Andrade/G1)Agrishow reúne 800 expositores em área de 440 mil metros quadrados em Ribeirão (Foto: Érico Andrade/G1)

Estrutura
Mas, se o cenário econômico não ajuda, pelo menos a estrutura da Agrishow parece melhor. Sem revelar valores, os organizadores dizem que investiram este ano em melhorias, mais do que nas duas últimas edições.

Pela primeira vez, quatro avenidas dentro da feira serão asfaltadas – até o ano passado, apenas a principal via era pavimentada. Trenzinhos com capacidade para até 55 passageiros também transportarão os visitantes pelo evento – antes, o deslocamento era feito a pé.

“Construímos mais sanitários e uma praça para food trucks. O paisagismo deixa a feira mais humanizada, então teremos mais sombras, mais bancos, mais áreas de descanso. Esse é o nosso papel, proporcionar um ambiente agradável, que favoreça os negócios”, diz Danghesi.

Lançado no ano passado, o aplicativo da Agrishow também passou por mudanças. Nessa edição, a ferramenta não só facilitará a localização dos estandes, como também permitirá a interação entre os visitantes, principalmente quem deseja vender e quem busca comprar.

Para isso, o usuário deve realizar um cadastrado, adicionar dados profissionais e foto. A partir daí, é possível se comunicar com outros visitantes por meio de mensagens privadas e até agendar reuniões de negócios. O aplicativo está disponível nas lojas Apple Store e Google Play gratuitamente.

Sexta-feira (1º) - Último dia da feira deve reunir maior público em Ribeirão Preto, SP (Foto: Érico Andrade/G1)Agrishow tem estacionamento para 5 mil veículos (Foto: Érico Andrade/G1)

Serviço
A 23ª Agrishow acontece até sexta-feira (29), diariamente das 8h às 18h, no quilômetro 321 da Rodovia Prefeito Antonio Duarte Nogueira (Anel Viário Sul). Os ingressos custam R$ 34, com direito a meia-entrada para estudantes e idosos, mediante apresentação de documento.

Convites concedidos por expositores devem ser validados no site da Agrishow -http://www.agrishow.com.br Já a entrada de menores de 14 anos somente será permitida com acompanhamento de pais ou responsáveis.

O estacionamento no local abriga 5 mil veículos e custa R$ 35 (veículos leves) e R$ 50 (vans e ônibus). Também é possível comprar tickets para toda a semana por R$ 250.

 

Voltar para o topo
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA Facebook Twitter