25/03/2014 16h14 - Atualizado em 25/03/2014 16h19

Controle de Vetores programa atividades na Semana de Mobilização contra a dengue

“Combata à dengue por sua família e por todas as famílias” é o tema da campanha

Controle de Vetores programa atividades na Semana de Mobilização contra a dengue
Imagem: Reprodução

A Divisão de Controle de Vetores da Secretaria da Saúde estará realizando, até o dia 28 de março, diversas atividades como parte da Semana de Mobilização Estadual no Combate à Dengue. As atividades tiveram início no dia 17 de março, com treinamento para os professores de Ciências que irão atuar nas salas de aula da rede de ensino municipal como multiplicadores de informações sobre dengue para os alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental.

As secretarias municipais da Saúde e Educação estão desenvolvendo em parceria, o projeto educativo “Combata a Dengue por sua família e todas as famílias” que vai mobilizar 26 escolas de ensino fundamental, 581 professores, 243 salas de aula e 7.350 alunos.

O projeto contempla várias atividades como capacitação dos professores, orientações em sala de aula, elaboração de frases educativas sobre dengue. “Serão selecionadas, as três melhores frases de cada escola, uma será divulgada em outdoor, com a imagem do aluno desenvolvendo uma ação de controle nos criadouros predominantes no município”, explica Maria Lúcia Biagini, chefe da Divisão.

Segundo ela, o outdoor ficará exposto no período de 14 a 30 de abril e ainda haverá entrega de medalhas de ‘Honra ao Mérito” em reunião solene com a presença dos pais, professores e alunos no dia 28 de abril, na sala Meira Júnior, do Teatro Pedro II.

 Atividades - Na segunda-feira, dia 24, a equipe do IEC – Informação, Educação e Comunicação da Divisão de Controle de Vetores, em conjunto com a Escola de Enfermagem da USP e Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), realizou treinamento teórico e ações educativas com universitários, agente colaborador e o pessoal da limpeza. Eles percorreram as áreas interna e externa com o objetivo de realizar as medidas de controle mecânico e utilização de produtos alternativos. “Fizemos uma Exposição de material educativo e visualização do ciclo evolutivo do mosquito no microscópio”, explicou Lúcia Taveria, coordenadora do Programa de Vetores Dengue e Febre Amarela.

Nesta terça e quarta-feira, dias 25 e 26, os agentes de controle de vetores, em parceria com os agentes comunitários de saúde dos Núcleos da Saúde da Família 4 e 5, no Alto do Ipiranga,  estão realizando a troca de pratos de vasos de planta e pingadeiras. “De acordo com o último ADL (Avaliação de Densidade Larvária) 77,6% de infestação de larvas do Aedes Aegypti estão em pratos para vasos de plantas e pingadeiras. Por isso estamos fazendo a substituição”, afirmou Lúcia.

No próximo dia 29, das 8h às 16h, o IEC organiza exposição com material educativo sobre dengue, escorpião, caramujo, rato e morcego, no Sesi, durante o evento Construser, destinado a trabalhadores da construção civil. 

 

Via Prefeitura de Ribeirão Preto

 

Voltar para o topo
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA Facebook Twitter