01/05/2016 12h36 - Atualizado em 01/05/2016 12h36

Em dois anos, Lucas Lima vai de espectador a esperança no Santos

Meia não era titular e ficou fora da derrota para o Ituano em 2014; foi decisivo no título contra o Palmeiras no ano passado. Agora, é protagonista do Peixe contra o Audax

Em dois anos, Lucas Lima vai de espectador a esperança no Santos
Foto Divugação!

Quem vê Lucas Lima como um dos principais jogadores do futebol brasileiro, e cobiçado por grandes clubes da Europa, pode se esquecer do começo discreto do meia pelo Santos em 2014.

Lucas Lima chegou ao Peixe apenas como uma aposta há dois anos. Revelado pela Inter de Limeira, o armador ganhou projeção pelo Internacional e fez boa campanha pelo Sport antes de chegar à Vila Belmiro. Longe dos holofotes e pouco utilizado pelo então técnico Oswaldo de Oliveira, o jogador ficou fora até do banco de reservas na final do Campeonato Paulista, quando o Ituano foi o campeão.

A derrota inesperada para o clube de Itu fez com que mudanças fossem necessárias. Com a saída do meia Cícero, Lucas Lima começou a ganhar mais oportunidades, mas ainda era um coadjuvante, principalmente depois da chegada de Robinho, em agosto de 2014. Tímido, o atleta vivia de altos e baixos, dividindo opiniões entre os torcedores.

O Santos precisa mais ainda de mim na final. Sei da minha responsabilidade"
Lucas Lima

O ano de 2015 foi de afirmação para o camisa 20. Lucas foi um dos destaques na campanha do título paulista contra o Palmeiras, incluindo a batida do último pênalti em decisão por penalidades máximas na Vila Belmiro. O meia passou a ser elogiado e entrou no radar de clubes europeus.

Lucas Lima seguiu se destacando no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil, o que lhe rendeu a primeira convocação para a seleção brasileira, com o técnico Dunga, em agosto de 2015. O meia, anteriormente discreto, passou a se acostumar com o protagonismo. De personalidade forte, não esconde o desejo de ser negociado com o futebol europeu em cada entrevista concedida, e acirrou a rivalidade com o Palmeiras, com provocações.

Lucas Lima (Foto: Bruno Giufrida)Lucas Lima pretende ser negociado para algum clube europeu neste ano (Foto: Bruno Giufrida)

A carreira de Lucas Lima seguia em ascendência até que o Santos chegou à final da Copa do Brasil contra o Verdão, enquanto brigava por vaga no G-4 do Campeonato Brasileiro, o que não aconteceu. Depois de partidas acirradas ao longo da temporada, o Peixe abriu vantagem no primeiro jogo da final, com vitória por 1 a 0 na Vila Belmiro, mas perdeu nos pênaltis na arena palmeirense.

Lucas teve atuação discreta na final. Marcado individualmente pelo volante Matheus Salles, o meia santista foi apenas mais um em campo. Com o título do Palmeiras, o jogador passou a ser cobrado, e receber provocações diárias na web. A resposta veio neste ano.

Lucas Lima voltou a se destacar nestes primeiros meses de 2016 e comandou, ao lado de Gabriel, a vitória nos pênaltis na semifinal do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras, no último domingo. Agora, em mais uma final de Estadual, o jogador é a principal esperança santista contra o Audax.

– A comissão técnica conversa comigo, e o Santos precisa mais ainda de mim nessa final. Sei da minha responsabilidade. O Audax tem todo o nosso respeito, mesmo sendo considerado um time pequeno. Vai ser muito bonito de se ver. Para mim, são os dois times que jogam o melhor futebol – disse Lucas Lima, ao GloboEsporte.com.

Com contrato até dezembro de 2017, Lucas Lima pretende ser negociado com o futebol europeu antes do segundo semestre. Como o Santos possui apenas 10% dos direitos econômicos do meia, o presidente Modesto Roma quer que o jogador cumpra todo o vínculo. Por via das dúvidas, é melhor o torcedor santista aproveitar cada minuto do meia com a camisa alvinegra.

Via Globo Esporte

Voltar para o topo
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA Facebook Twitter