08/05/2016 19h03 - Atualizado em 08/05/2016 19h03

Estudantes criam projeto que humaniza o processo de doação

Conheça o Boomerang, desenvolvido por meio de iniciativa do Colégio Bandeirantes

Estudantes criam projeto que humaniza o processo de doação
(FOTO: FLICKR/J3SSL33)
Créditos: Matéria Galileu

Por meio de projeto, alunos do Colégio Bandeirantes, de São Paulo, desenvolveram um produto inovador e prático que visa colaborar para o melhor contato entre a pessoa que quer executar a doação e a entidade ou pessoa que está interessada em receber a mesma.

Trata-se do Grupo Open City, projeto do Bandeirantes em parceria com o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e a Universidade de Harvard que estimula os estudantes a criarem soluções comunitárias com  o uso de tecnologia.

A partir dessa proposta, os estudantes criaram o Boomerang. O produto nasceu após os estudantes conversarem com diversos empreendedores, como Wolfgang Menke, criador da House of Work e Juliana Peringieli do site “Enjoei”. Porém, o Boomerang acabou tendo como principal inspiração uma campanha de doação de sangue da Santa Casa, na qual o esparadrapo usado pelo do doador tinha um QR Code. Ao fotografá-lo, era possível assistir a um vídeo de alguém que já precisou de sangue, agradecendo a pessoa que realizou a doação.

Pelo site é possível acessar os links de diversas ONGs para quem o usuário pode doar brinquedos, roupas, livros ou até seu tempo livre. Ao realizar uma doação, ele receberá por e-mail após algum tempo um vídeo de agradecimento feito por quem recebeu a doação. Também por lá, as instituições poderão se cadastrar para terem seus nomes disponíveis para a doação.

*Do Open City. Os textos do canal "Para fora da sala" são produzidos por alunos e colaboradores do Media Education Lab (MEL) e não representam a opinião da Redação GALILEU

 

Voltar para o topo
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA Facebook Twitter