07/05/2016 10h42 - Atualizado em 07/05/2016 10h42

Finais do Carioca atrapalham operação da cerimônia de abertura do Rio 2016

Retirada do gramado e de 10 mil cadeiras foram retardadas para atender a pedido da Ferj. Mudança foi um contratempo, mas não afetará entrega, segundo comitê

Finais do Carioca atrapalham operação da cerimônia de abertura do Rio 2016
Maracanã antes das finais entre Botafogo x Vasco. Mudança de cronograma no Rio 2016 (Foto: Reprodução / Instagram)

A preparação do Maracanã para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, dia 5 de agosto, precisou sofrer um ajuste no cronograma por conta das finais do Campeonato Carioca, entre Vasco e Botafogo. Por conta das duas partidas, no último domingo e no próximo, algumas etapas ainda não foram iniciadas, como a retirada do gramado, a montagem do palco e a retirada de 10 mil cadeiras para a instalação da tribuna de imprensa. O estádio começou a ser ocupado pelo Comitê Rio 2016 em março. Em abril, a entidade aceitou o pedido da Federação Estadual de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) para ceder o Maracanã para as duas partidas da final. 

Para evitar atrasos, a Ferj chegou a cogitar abrir mão da segunda data, 7 de maio, já que o dia 13 de abril estava previsto o início da retirada do gramado. O Comitê atendeu ao pedido integral após constatar que apesar de atrapalhar a entrega não estaria comprometida, segundo do diretor de instalações da entidade, Gustavo Nascimento. 

- O Maracanã precisa parar para a gente montar a cerimônia de abertura. Essa operação começou no dia 15 de abril. Atrapalham muito as finais, mas são um evento importante para a cidade. Para a cerimônia é um contratempo. A gente tinha que ter tirado 10 mil cadeiras e começar a montar o palco. Mas isso não vai comprometer. Tiveram que dar uma mexida no cronograma. O Maracanã está fechado para uma ação muito nobre, o maior show do mundo. Demanda ensaio com milhares de voluntários, uma operação de montagem de área de atletas, pira olímpica... - disse Nascimento. 

Logo no dia seguinte à decisão entre Vasco e Botafogo o gramado será retirado, e a montagem do palco será iniciada. Os ensaios dos voluntários para a cerimônia começaram há três semanas. Nesta sexta e sábado estavam programadas no próprio estádio audições para selecionar mais voluntários. A saída de funcionários da concessionária, em processo de saída da gestão do estádio, não é um problema. Cerca de 500 pessoas estão trabalhando na operação do Maracanã, sendo 100 nas áreas de limpeza e segurança. O número chegará a 10 mil pessoas nas cerimônias.   

A cobertura do estádio ficou descascada pelos fogos de artifício da final da Copa do Mundo, e não será reformada para os Jogos. Além de não haver tempo, o dano não compromete o uso da estrutura, que receberá sistema de som e iluminação. 

01

GRAMADO TERÁ POUCOS DIAS PARA SER INSTALADO


No dia 16 de agosto, o Maracanã recebe o primeiro dos quatro jogos dos torneios masculino e feminino de futebol. Serão duas semifinais e as duas finais. A operação para reinstalar o gramado começará mal a cerimônia de abertura termine. A desmontagem do palco está prevista para os primeiros minutos do dia 6 de agosto. Enquanto isso, o gramado começará a ser transportado de Saquarema, a cerca de 100 quilômetros do Rio. O serviço será feito pela Greenleaf, empresa que atua em vários estádios no Brasil. Nascimento explica que a operação no gramado é normal nas Olimpíadas anteriores, quando o estádio olímpico tem seu piso trocado para as finais de futebol depois da disputa dos arremessos do atletismo.   
  
- Temos seis dias para instalar uma nova grama. É o que se faz em todos os Jogos Olímpicos com o atletismo. É uma grama para os arremessos e outra para o futebol. Esse plano é complexo, feito minuto a minuto. É um planejamento muito detalhado. Às 0h15 começa a desmontagem do palco da cerimônia, a 1h o transporte da grama para o Rio... É um tempo muito curto, mas já foi feito antes para os jogos. Mas não preocupa - disse. 

Um dos sócios da Greenleaf, Flavio Piquet afirma que a operação não é simples, mas que o tempo é suficiente. 

- Depende de fazer a instalação homogênea. O gramado é nivelado a laser. Isso é importante para tirar tapetes idênticos na espessura. Na hora de colocar no gramado não há muito tempo para reparos. Ao colocar os rolos é preciso ter condição para ter jogo praticamente horas depois. Feita a colocação passamos um rolo para compactar os tapetes. Cada um chega a pesar 600kg, tem 1,20m de largura, 20m de comprimento e 5cm de espessura. 

Via Globo Esporte

Voltar para o topo
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA Facebook Twitter