08/05/2016 09h31 - Atualizado em 08/05/2016 09h31

Mãe de gêmeos aos 19 compartilha descobertas da maternidade na web

Jovem posta vídeos e fotos na internet e tem mais de 15 mil seguidores. Ela deixou sonho de ser comissária para se dedicar aos filhos

Mãe de gêmeos aos 19 compartilha descobertas da maternidade na web
Nicole Oliveira descobriu a gravidez aos 19 anos (Foto: Arquivo Pessoal/Nicolas Gardiano)
Créditos: Matéria G1

Ser mãe é um desafio. Imagina ser mãe de gêmeos? Essa é a história de Nicole Oliveira, de São José dos Campos, que descobriu aos 19 que seu coração batia por outros dois. A jovem, que era comissária de bordo, abriu mão do sonho de voar para dedicar a vida aos pequenos Lourenzo e Alice. Hoje ela compartilha as descobertas e a rotina de ser mãe em dose dupla por meio de um blog na internet.

Nicole namorava há seis meses quando descobriu a gravidez. Na época ela estava preparada para uma série de entrevistas em uma grande empresa aérea, já que havia acabado de se formar como comissária de bordo.

“Eu não aceitei de pronto a gravidez e só chorava. Imaginava o meu sonho logo ali, na minha mão e ao invés de agarrar eu teria que abrir mão, deixar voar [para ter filhos]”, contou.

Quando escuto os outros falarem na rua ‘Deus me livre, gêmeos!’, penso: ' Sim, te livrou e me presenteou'.
Nicole Oliveira, 20 anos

Quando foi fazer ultrassom pela primeira vez, ela ainda tinha a a expectativa que o resultado positivo de gravidez em um teste rápido caseiro fosse um equívoco, um 'falso positivo', mas foi surpreendida pela som descompassado de dois corações.

“Nós já estávamos chocados com a notícia da gravidez. Ao ouvir a médica dizer que eram dois, foi um susto ainda maior. Mas ao ouvir aqueles corações, o meu coração se apaixonou. Eu saí dali mais calma e com aquele sentimento de maternidade”, relembrou.

Desafios
Agora, aos 20 anos, a idade da mãe é normalmente associada à festas e viagens. Mas a maternidade 'antecipada' impôs uma série de mudanças na rotina e um mundo de descobertas à jovem. O corpo mudou, os compromissos aumentaram e praticamente todo investimento de tempo e dinheiro passou a ser dos filhos. A jovem mãe precisou se desdobrar para cuidar e dar atenção às crianças.

Alice e Lourenzo de oito meses (Foto: Arquivo Pessoal)Alice e Lourenzo de oito meses (Foto: Arquivo Pessoal)

“Minha vida e rotina mudaram completamente em função deles. E tive que aprender e amadurecer muito para criar meus filhos”, disse.

Nicole explicou ainda que além dos desafios com a criação dos bebês, teve que vencer o desafio dos olhares preconceituosos pela maternidade precoce.

“Quando escuto os outros falarem na rua ‘Deus me livre, gêmeos!’, penso: 'Sim, te livrou e me presenteou'. Cada dia que passa eu aprendo mais e vejo que sou tão capaz quanto imagino”, contou. Lourenzo e Alice completaram oito meses na última quinta-feira (6).

Mãe conta dia a dia dos filhos na internet (Foto: Arquivo Pessoal/Cassia Machado)Mãe conta dia a dia dos filhos na internet
(Foto: Arquivo Pessoal/Cassia Machado)

Internet
A internet foi uma parceira nas descobertas sobre a maternidade e a pesquisa motivou a criação do blog e instablog ‘E agora gêmeos’, que compartilha a rotina dos bebês na internet.

A mãe explica que começou o blog com fotos do dia a dia das crianças, que eram compartilhadas com os amigos, mas com o tempo a página foi crescendo. Hoje a conta  tem parceiros e virou fonte de renda para a jovem.

“A ideia era ter um canal para poder compartilhar. Posto as dicas, as mães me dão outras dicas. Tudo o que eu posto me traz um retorno de aprendizado”, explicou. A conta do Instagram tem mais de 15 mil seguidores e os vídeos no Yotube tem mais de 4 mil visualizações.

A internet também serve como registro do crescimento das crianças. São cerca de 400 postagens de fotos que contam desde a gravidez até os primeiras brincadeiras dos bebês. “Que eles possam que ver que tudo o que eu e o pai deles fizemos e que toda a família fez é para eles e por eles”, completou.

Gêmeos têm oito meses (Foto: Arquivo Pessoal/Cassia Machado)Gêmeos têm oito meses (Foto: Arquivo Pessoal/Cassia Machado)

 

 

Voltar para o topo
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA Facebook Twitter