23/04/2016 16h02 - Atualizado em 23/04/2016 16h03

Motorista sem CNH perde controle de carro e cai em córrego em Sertãozinho

Vítima de 52 anos não se recorda como acidente aconteceu, diz PM. Prefeitura informou que instala barras de proteção ao longo de avenida

Motorista sem CNH perde controle de carro e cai em córrego em Sertãozinho
Veículo caiu em córrego no cruzamento da Rua Expedicionário Solano com a Avenida Antônio Paschoal (Foto: Fábio Junior/EPTV)

Um motorista de 52 anos perdeu o controle da direção e o carro caiu dentro do córrego no cruzamento da Rua Expedicionário Solano com a Avenida Antônio Paschoal, na noite desta sexta-feira (22)s em Sertãozinho (SP). A vítima teve ferimentos leves.

À Polícia Militar, o homem disse que não possui Carteira Nacional de Habilitação e que não se recorda como o acidente ocorreu. Ele foi autuado por dirigir sem permissão. O veículo foi apreendido e levado ao pátio da Polícia Civil.

Em nota, a Prefeitura de Sertãozinho informou que desde março está instalando barras de proteção ao redor do córrego para evitar acidentes como esse.

Segundo registro da PM, o resgate da vítima demorou cerca de duas horas. O trânsito na avenida precisou ser interditado e um guincho particular foi acionado para retirar o veículo de dentro do córrego.

A técnica de enfermagem Marilza Lima Mendes viu o acidente e reclamou que faltam grades de proteção no entorno do córrego, que passou por obras antienchentes. Ela afirmou que, caso uma proteção não seja instalada no local, outros acidentes como esse devem ocorrer.

"Todo mundo estava esperado que isso fosse acontecer um dia e, infelizmente, aconteceu. Espero que a Prefeitura tome as providências com a maior urgência, porque todo mundo está preocupado com essa avenida", reclamou.

O motorista foi socorrido com ferimentos leves e levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Ele passou por exames e já foi liberado.

Proteção
Em nota, a Prefeitura informou que o local onde ocorreu o acidente é devidamente sinalizado e que desde março instala barras de proteção no trecho do córrego que já está canalizado. O projeto de contenção deve ser executado em 1,3 quilômetro, em cada lado da avenida.

"Vale lembrar que, o projeto original da obra de macrodrenagem, elaborado e aprovado na gestão passada, não previa a instalação das barras de proteção; projeto auxiliar que a atual administração, ciente de sua importância, teve de desenvolver", diz o comunicado.

Resgate do veículo precisou de um guincho particular, e demorou cerca de duas horas.  (Foto: Fábio Júnior/EPTV)Remoção do veículo foi realizado por guincho particular e demorou duas horas (Foto: Fábio Júnior/EPTV)

Via G1

Voltar para o topo
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA Facebook Twitter