07/05/2016 10h56 - Atualizado em 07/05/2016 10h56

Seu coração bate em sincronia com o do seu cachorro

Dizer que "o cachorro é o melhor amigo do homem" já virou clichê, mas não deixa de ser uma verdade gostosa

Seu coração bate em sincronia com o do seu cachorro
Abraço: Um estudo como esse não é só adorável: ele é importante para encontrar novas formas de lidar com o stress

Vários estudos já comprovaram que os cães sentem amor de verdade pelos seus donos, que eles diminuem a ansiedade de crianças e que, em vários lugares, eles são tratados como gente.

Para somar à lista, lá vem mais amorzinho: em um estudo recente, um grupo de cientistas australianos mostrou que, quando cachorro e dono estão juntos, os batimentos cardíacos dois dois entram em sincronia.

O estudo foi assim: três cães foram separados de seus donos por algumas horas, enquanto os cientistas monitoravam os batimentos cardíacos - tanto dos bichos quanto das pessoas.

Depois, os cachorros e seus respectivos humanos foram reunidos (ainda com os monitores cardíacos), e surpresa: menos de um minuto depois do reencontro, os corações dos dois se acalmaram, as frequências cardíacas diminuíram e os batimentos começaram a se espelhar.

E sabe o que é ainda mais fofo? Os cientistas que conduziram o experimento também mediram os batimentos enquanto cada humano encontravam outro cão que não o dele, e perceberam que, aí, os dois corações não entram em sincronia.

Apesar de a frequência cardíaca diminuir nessa situação, esse "espelho cardíaco" só parece acontecer quando há uma ligação especial entre cachorro e dono. 

Um estudo como esse não é só adorável: ele é importante para encontrar novas formas de lidar com o stress. 

Estudos anteriores já mostraram que quem tem um cachorro é menos estressado, menos ansioso e tem uma imunidade muito melhor.

Para os cães, a relação também é proveitosa: quando sentem o cheiro do dono, o cérebro deles ativa uma área associada ao prazer, o que combate doenças como depressão e ansiedade (sim, elas também atingem o Rex, viu?). 

A pesquisa foi patrocinada pela Pedigree, fabricante de comida para cachorro, e faz parte de uma campanha publicitária chamada #HeartsAligned (#CoraçõesAlinhados).

Depois de divulgado o vídeo com os resultados (assista abaixo), os australianos foram convidados a postar fotos com seus cães usando a hashtag.

A cada post, a Pedigree fazia uma doação de US$1 para a organização local Pet Rescue, que resgata cães abandonados e os coloca para adoção.

O objetivo é chegar até US$20 mil dólares até o fim de maio - e ajudar mais cachorros a encontrar seus humanos. 

Via Exame

Voltar para o topo
COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA Facebook Twitter